Feira Laica

Archive for the ‘Música’ Category

Música na 21ª Laica

In LAICA NATAL, Música on Dezembro 15, 2012 at 10:59 am

SÁBADO, às 15h30

Guida on Valium o princípio activo dos Guida on Valium é o diazepam, um tranquilizante do grupo das benzodiazepinas, além da voz de Luis Soares e guitarra de João Silveira, cuja acção se traduz no aumento da produção e actividade de ácido gama animobutírico no cérebro. A segurança na toma é total – mesmo em caso de intoxicação, não costuma haver risco de vida, a menos que outras substâncias que deprimam o cérebro estejam presentes, como o álcool, barbitúricos ou literatura. Ainda assim, convidados a musicar textos e imagens do novo número do Nicotinazine.

SÁBADO, às 18h30

Presidente Drógado é guitarra em punho e boca no trombone, cuspindo a canalha de uma sociedade que não gosta de ouvir bocas aos seus podres sociais, políticos e higiénicos. É música de viola que lembra sempre fogueira de acampamento, só que neste os escuteiros foram chacinados e estão a apodrecer numa vala comum, e alguém passa mais ganza… Não é música para MENINOS! Drógado a Presidente! in Blogzine da CCC

±±±

DOMINGO, às 15h30

Smiley Face: Desprotegido do resto da banda, Chico assume o papel de entertainer e, com a ajuda da guitarra, consegue juntar a estupidez com a Pop. Vai lançar um disco com 300 músicas em breve e até lá oiçam as Desgarradas D’Amor.

DOMINGO, às 18h30

Foto: Carlos Nascimento

Bandeira Branca é um duo de guitarras de Filipe Felizardo (ACRE, Prisma, Häsqvarna) e Bruno Silva (Sabre, Olive Troops SOS, Canzana) que ecoa os fantasmas mais pantanosos dos Blues e da Country numa música escangalhada pelo lado sensorial. Recentemente, os dois músicos editaram Guitars for White Noise – documento áudio tangente ao lançamento do livro White Noise de António Júlio Duarte.

Durante os 2 dias, das 14h às 20h

stress

A stress.fm é uma plataforma cultural sem fins lucrativos, nascida na turbulência social e tecnológica do início do século, interessada em explorar as potencialidades artísticas da união entre o digital e o analógico.
Desde há um ano para cá temos desenvolvido um projecto de rádio que tenta manter uma programação tão heterogénea como esquizofrénica, em que se incluem emissões ao vivo, entrevistas, reportagens e muita música. Pela segunda vez vamos estar a cobrir a Feira Laica, desta vez com emissão em directo e DJ´s stressados a bombar.

Anúncios

Festa de 15 Dezembro no Adufe Bar!

In LAICA NATAL, Música on Dezembro 14, 2012 at 9:18 pm
cartaz de Jucifer

cartaz de Jucifer

A festa de final de Laica será no Adufe Bar  que fica mais ou menos na rua dos Bacalhoeiros, no Beco Arco Escuro! A sério!!! Irá tocar Jibóia e haverá uma “battle” de DJs de Músicas do Mundo…

JIBÓIA : A fuga de um Maharaja perseguido pelo seu povo acaba numa emboscada em pleno mar alto, por um grupo de macacos salteadores comandados por uma espécie de Omar-quimera (Souleyman do ocidente / Rodríguez-López do Oriente), com laivos de maresia tropical e frescura espanhola à mistura. A poucas semanas de editar o seu EP de estreia, JIBÓIA tem feito aparições camufladas um pouco por todo o lado, coleccionando presas e sufocando-as durante quarenta minutos nessas noites bafientas.

DJihad contra o Mundo é unDJ FarraJ vs Sandy, ou seja música árabe intercalada com outras músicas do mundo, quem vencerá? Alá será assim tão forte? O Mundo consegue-lhe fazer frente?

Surveillance cancelados!

In Música on Novembro 27, 2012 at 12:19 pm

A festa de final de Laica que estava programada para a Trem Azul será no Adufe Bar (mais ou menos na rua dos Bacalhoeiros, no Beco Arco Escuro! A sério!!!) devido a obras que irão acontecer na Trem que irão prolongar-se até 20 de Janeiro naquele espaço.

Infelizmente por condições técnicas relativo a ruído roqueiro – e o bar é de “world music” – não será possível ter os Surveillance a tocar… Pedimos desculpas por este cancelamento de concerto que nos escapou ao controlo. Pedimos ao público deste blogue que visite o bandcamp da banda…

Um duo poderoso de Shamancore que foi recentemente criado com a junção da destreza virtuosa de Tiago Martins, ex-baixista da banda de math-rock Porn Sheep Hospital e do alto poderio rítmico controlado pela semideusa-baterista Inês Lobo. A banda apresenta agora o seu primeiro trabalho, um EP auto-intitulado de 7 faixas que não deixa nada a desejar apesar da sua instrumentação reduzida – baixo e bateria apenas. É um caso em que é necessário “ouvir para crer”, porque estes dois determinados seres musicais estão ávidos de performance e vão pregar intensamente a sua mensagem sonora nos próximos tempos.

Entretanto fica para a festa o Jibóia e um DJ Set – desenvolvimentos AQUI

Música Laica

In LAICA VERÃO, Música on Junho 30, 2012 at 11:46 am

Sábado: é o regresso à Laica de Cangarra e Rudolfo, a estreia (na Laica) dos 100 Leio, Kimo Ameba, Putas Bêbadas e dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS (acesso: 3 euros a partir das 20h)

Domingo: no domingo a Laica fica um bocado mais calma com os Go Suck a Fuck, Canzana, Smiley Face e a estreia mundial dos Minuto 22(grátis).

sobre as bandas:

100 Leio são o Nacho e a Mary, as crianças da Cafetra. No ano passado lançaram o EP “Enganei-me e fui para casa” com “clássicos lisboetas instantâneos de canção eléctrica de quarto de dormir” como “1 Conto de Mofino”, “Edson Mandela” e “Nunca mais Trabalhar”. Por agora, enquanto gravam o primeiro LP, vão espalhando o amor das novas canções que suscitam o lado mais Backstreet Boys que a Fetra tem para oferecer. 

Cangarra /// Formado por dois dos músicos mais inescapáveis das periferias que interessam, Cangarra alicerça-se de modo titânico na guitarra incandescente de Cláudio Fernandes (também Manuel Gião, ex-Debut!) e na bateria convulsa de Ricardo Martins (Lobster, R-, e um sem número de projectos). Já com três registos auto-editados de forma gratuita, a música dos Cangarra evoca uma coda infinita, em que o limite do solo de guitarra é projectado para um dimensão psicadélica que se vai enredando continuamente na ferocidade do mais hiperactivo baterista do país. Bruta mas de desenho meticuloso, a música dos Cangarra arrepia caminho para fora de categorizações tépidas com toda uma segurança e urgência como há muito não víamos. ÚLTIMA HORA: o grupo vai actuar com o Filipe Felizardo!

Canzana são Pedro Sousa (Oto, Pão) improvisador Sax e Bruno Silva (Somália) com guitarrada noise que experimentam música numa das mais velhas posições do mundo… auf auf

dUASsEMIcOLCHEIASiNVERTIDAS /// É díficil perceber como é que um grupo que surgiu de maneira acidental e improvisada, baptizado primeiro com um símbolo e depois com um nome impronunciável e incompreensível, cuja formação se manteve sempre em permanente mudança e com uma sonoridade bizarra, tenha sobrevivido até aqui.

Em cinco anos de actividade intensa e frenética nos quais foram escrevendo um percurso único entre as margens e entrelinhas do panorama musical português, lançaram dois EPs, um LP e uma cassete, participaram em diversas compilações, fizeram cinco digressões europeias e deram perto de 200 concertos nas mais variadas situações e lugares incluindo bares, discotecas, okupas, associações, auditórios, festivais, manifestações, benefits, praças, descampados, tendas, lavadouros, fábricas, centros comerciais, conventos, palácios, jardins, cinemas, teatros, museus, livrarias, restaurantes, sótãos, caves, cozinhas, etc…

Preparam-se agora para editar uma split-tape com Cangarra, também presentes na Laica.

Go Suck a Fuck /// citando Marcos Farrajota: «O EP de estreia dos Go Suck a Fuck “Para o seu Marido” é um conjunto de 19 músicas “instrumentais infra-épicos-juvenis tocados com guitarras Lo Fi e orgãos sujos por putos movidos, quase de certeza, a ganzas intervaladas com umas ‘jolas e uns tiros na Playstation.» O que em EP é 20 minutos, ao vivo prolonga-se por caminhos não explorados, que permite o público assistir a uma trip que toda a gente gostava de ter. 

Kimo Ameba são o Nacho, o Leio, o Sushi e o Chico. São, para além da mais barulhenta, a banda mais antiga da Cafetra Records. No ínicio do ano lançaram o “Rocket Soda” com singles como “Lagos City” e “Brad foh da Corners” os Kimo mostram que são os Beatles que a tuga nunca chegou a ter e que agora rejeita.

Minuto 22 é a estreia mundial de um projecto Folk’n’Prog ainda em estado de embrião mutante com três elementos ligados a projectos tão Prog como Folk: Filho da Mãe, Riding Pânico e Paus. Se a curiosidade matou o gato, não leve o seu felino para este concerto…

Putas Bêbadas são Leio, Sushi e Abras, underdogs da Cafetra. “Tocam alto, com volume grato de selvajaria e sem cerimónia de conforto técnico, sacudindo o tédio para canto.” Lançaram uma cassete em Março deste ano intitulada de “Duas Songs”. As duas songs podem também ser ouvidas na nova compilação da Cafetra.

 

Rudolfo é o puto-rei do Hate-Beat que anda a fazer tanto zine de comics que nos esquecemos que tem os shows mais cómicos nesta treta de país! Prepara novo disco para breve que será a sua Morte!

Smiley Face /// Desprotegido do resto da banda, Chico assume o papel de entertainer e, com a ajuda da guitarra, consegue juntar a estupidez com a Pop. Vai lançar um disco com 300 músicas em breve e até lá oiçam as músicas inéditas na nova compilação da Cafetra.

2 ou 3 coisas que temos esquecido de divulgar da Laica!

In LAICA NATAL, Música on Dezembro 15, 2011 at 4:50 pm

||| É verdade que a Feira Laica é o maior evento de edição independente em Portugal.

|||| É verdade que cada vez mais divulgamos os nomes dos editores e artistas presentes nas suas mesas cheias de apetitosas novidades editoriais.

|||| É verdade que há sempre exposições para babar – mas não por cima dos originais, sff

E estas são consideradas as grandes razões para visitar a Laica só que nos esquecemos de coisas que também são componente importante no nosso programa, como por exemplo, os concertos, a venda de livros e discos em segunda mão e as festinhas! Assim sendo fazemos deste e-mail um realce a estas actividades.

Regressam à Feira Laica projectos vencedores de outras edições, a saber:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Rudolfo, o puto do Hate-Beat que anda a fazer tanto zine de comics que nos esquecemos que tem shows cómicos!!!
http://soundcloud.com/rudolfo666

Çuta Kebab & Party, lançaram o disco de estreia na última Laica e estão em força para quem gosta de trangénicos culturais de “found tapes” de música turca e breakbeat ocidental bem lixado!
http://chilicomcarne.blogspot.com/2011/06/cuta-kebab-party_28.html

Presidente Drógado, nova actuação depois das explosivas actuações na ZDB e no Sou… Está na hora do Porto se borrar todo depois do caldo deste cantautor junkie!
http://www.reverbnation.com/presidentedrogado

Nuno Moura regressa também, porque nunca (ou)vimos poesia a ser recitada assim… Ghuna X acompanha o poeta com electrónica, e juntos conseguiram o nome mais parvo de sempre… sim, Batatas Parvas

novos projectos na Laica:
Cró!, Jazz Rock da Galiza que promete ser explosivo!
http://www.spacecro.com

Aceloria, lança o seu primeiro disco, com qualidade garantida da Marvellous Tone!
http://soundcloud.com/aceloria

3) 2ª Mão: a razão secreta da origem da Feira Laica está sempre presente… Porquê? Porque são as prendas mais baratas do Universo! Livros, revistas, LPs, CDs, DVDs, etc… a preços completamente laicos de mercado e de especulação coleccionadora! É uma tradição da Laica e levamos a casa à costas para o Porto para voltarmos mais leves… Italo Calvino a 1 euro? Jorge Palma a 2 euros? Sérgio Godinho a 3? The Horrors a 5? Não é a crise! É a loucura!!

Festa de Despedida

In autores estrangeiros, LAICA NATAL, Música on Dezembro 9, 2011 at 11:03 am

cartaz: Miguel Carneiro / Oficina Arara

Exposição internacional de serigrafia e outros resíduos gráficos dos colectivos Oficina Arara (Porto), Mike Goes West (Lisboa), Stripburger (Eslovénia) e Amalgama (Galiza)

Concerto HHY & The Macumbas

Cozinha cabo-verdeana da Filó

A partir das 19h no Espaço Campanhã [Rua Pinto Bessa, nº122, armazém 21, Porto]

concertos & Festa Laica

In LAICA VERÃO, Música on Junho 24, 2011 at 2:24 am

SÁBADO

M-Pex e Thermidor
no auditório da Bedeteca de Lisboa, das 18h às 20h.

 

Festa Laica com
Somália e Çuta Kebab & Party (lançamento de disco vinil 10″ pela Chili Com Carne e Faca Monstro)
na Trem Azul, às 22h00

 

DOMINGO

Moca Loura (Nuno Moura – textos e voz; + João Guimarães – Bateria + Ricardo Ribeiro – clarinete-baixo), Ghuna X vs R-
 no jardim da Bedeteca de Lisboa, às 18h

AM/FM última hora

In LAICA VERÃO, Música on Junho 2, 2011 at 11:02 am

Durante o Sábado da Feira Laica, Vasco Alves toca o seu “am/fm keyboard 6” criando um ambiente sonoro de esquizofrenia rádiofónica. Ainda em relação à música esperamos ainda ter mais surpresas na Laica apesar do programa já ser bastante ambicioso e audaz. Estão avisados!

17ª Feira Laica / Dezembro 2010 / Mercado Forno do Tijolo

In autores estrangeiros, exposições, LAICA NATAL, Música on Dezembro 10, 2010 at 2:47 pm

cartaz de Bruno Borges

Editores presentes: A Mula + Arara, Associação Chili Com Carne, Averno, Bárbara Rocha, Clean Feed, Blam Blam, Contraprova, zine É fartar Vilanagem!, HeptaImprensa Canalha, Júlia Barata, Kriture, Leote Records, Lézard Actif (França), Mike Goes West, MMMNNNRRRG, Mosca, Non Nova Sed Nove, Oficina do Cego, Opuntia Books, Paracetamol + Mariana a miserável, Reject’zine, Ricardo Castro, Soft Porn Coloring Book, Thisco, Ediciones Valientes + revista Argh! (Espanha), Tiago Baptista, Wormgod + C’est Bon Anthology (Suécia) e zine Znok.

 Novidades editoriais:
An Intrusive Black Circle, de André Lemos (Opuntia Books)
– Cleópatra #5, zine de Tiago Baptista
É o Diabo!, serigrafia de Miguel Carneiro (Arara)
Iceberg, de José Feitor (Imprensa Canalha)
Jungle Machine, de Dayana Lucas (Arara)
Mike Goes North, portfólio com André Cruz, Ana Torrie, Célia Esteves, Júlio Dolbeth, Marco Mendes, Nuno Sousa e Rui Vitorino Santos (Mike Goes West)
More Songs About: Melómanos Arquivistas e Rouxinois, CD-R de Presidente Drógado (Leote Records)
O Morto foi ao Baile – compilação de capas da colecção Grandes Mistérios, Grandes Aventuras : 1940-1960 (Imprensa Canalha)
Oficina do Cego #2, v/a
Talento Local, de Marcos Farrajota (Chili Com Carne)
– Znok #5 (nova versão), de Filipe Duarte

Exposições individuais:

Albert Foolmoon (França)
Mattias Elftorp (Suècia)
José Feitor
Luís Henriques;
Ana Biscaia
Mina Anguelova

Exposição colectiva com Lucas Almeida, Miguel Carneiro, André Lemos, Ana Menezes, e muitos outros

Demonstrações:

Tipografia e serigrafia
a cargo da Associação de Artes Gráficas Oficina do Cego

Cinema:

– Frankenstein encore com Realização de Alex Baladi e Isabelle Nouzha. (2009, filme de animação, 32′, 16mm e video)
 – Clay Pigeon (7′, 2005), Hair (3,5′, 2005), Spitted by kiss (11′, 2007) de Milos Tomic (Sérvia)

Para aceder à programação completa do Bazar no Mercado do Forno do Tijolo, ir AQUI

Este slideshow necessita de JavaScript.

Última semana de neve em Lisboa…

In autores estrangeiros, exposições, LAICA VERÃO, Música on Julho 24, 2010 at 2:44 pm

cartaz de Nevada Hill

Nevada Hill é uma artista do Texas (EUA), terra de contra-sensos, por um lado é repressiva e conservadora com a família Bush à cabeça mas por outro lado já nos ofereceu os músicos mais fritos de sempre como 13th Floor Elevators, Red Krayola, Butthole Surfers e Fuckemos… Nevada faz parte desta tradição de malta alucinada e veio visitar-nos a Lisboa!

Esteve em Lisboa durante a Feira Laica, onde tocou com músicos portugueses… tal como fez na noite de Sábado (26 de Junho) na Trem Azul com outra formação de músicos, para inaugurar uma exposição de desenhos e serigrafias que estará patente até ao final de JULHO.

Como músico integra-se nos Zanzinbar Snails, grupo de músicos e não-músicos interessados no Graal da Improv e na Experiência da auto-indução Drone. Com vários discos editados, também tem realizado outros projectos mais intimistas e fantasmagóricos como D&N em que sons das tempestades texanas ouvem-se com guitarra calminha e objectos concretos de um rancho de filmes de cowboys.
Faz também bd e ilustração, usando a serigrafia e os zines como veículos DIY de divulgação. O seu zine Mass terá um terceiro número a sair em Lisboa! Recentemente participou nas antologias Excessive Force : Police everywhere, Justice Nowhere (Last Hours, 2009) e MASSIVE (Chili Com Carne, 2010), a primeira é inglesa onde publica uma bd sobre um desagradável encontro com a polícia, a segunda editada em Portugal participa com um desenho.
nevadahill.com